Introdução Redes e Mídias Sociais.

Introdução Redes e Mídias Sociais
Ao contrário do que muitos pensam (inclusive eu mesmo no início) Orkut, Facebook... são mídias sociais.
Para tornar mais claro a diferença entre Rede Social e Mídia Social definirei separadamente ambas:
Rede Social:As redes sociais existem muito antes da internet ao contrário do que muitos pensam, elas existem a partir da interação humana entre as pessoas.
Ex.Nossa família é uma rede social, amigos do trabalho outra, faculdade, pós, mestrado, etc... outra e assim sucessivamente.
“Uma rede social (do inglês social network) consiste de um ou mais
Conjuntos finitos de atores [e eventos] e todas as relações definidas entre eles”.
(WASSERMAN e FAUST)
Mídia Social:É o meio que usamos para nos conectar as pessoas, através das mídias sociais formamos redes sociais, mas se tiver de distinguir a mesma em poucas palavras faríamos descrevendo mídia social como o meio utilizado para criar e conectar pessoas e formar através deste processo redes sociais.
Ex.telefone celular é uma mídia social, internet outra mídia social, Blog’s, Microblogs, Blog’s....
A característica principal da mídia social é um meio de comunicação em massa com muitas redes sociais, formação de grupos e interação nos mais diversos níveis.
Algumas das Ciências que estudam redes e mídias sociais em seus diversos níveis.
Psicologia:Estuda o indivíduo, seu comportamento e processos mentais.
- A relevância deste processo é compreender um pouco mais sobre como funcionam as pessoas de forma mais individual e desta forma ter um melhor relacionamento com o todo.
Sociologia:Estuda as relações humanas na formação da sociedade.
- A relevância deste processo é compreender que ao longo do tempo o “certo” muda, desta forma a melhor maneira de se comportar, de interagir muda junto com o tempo.
Compreender esta evolução e estar antenado as alterações no processo de interação humana pode fazer a diferença entre sucesso e fracasso na promoção de produtos ou reputação social nas redes e mídias sociais.
Ouvi certa vez alguém de sucesso dizer que gostaria de se definir ultrapassado antes que os outros o fizessem (absorvi este pensamento em meu dia a dia).
Antropologia:Estuda as relações homem humanidade ao longo do tempo.
- Relativamente parecida com a sociologia, a compreensão desta relação homem humanidade ao longo do tempo é relevante para definir a melhor abordagem do relacionamento humano, compreender esta relação abre a consciência ao fato de que necessitamos mudar, evoluir e nos adaptar.
Compreender a relevância de mudar, adaptar-se e evoluir na era digital é ainda mais importante, pois a maneira de encarar o tempo e as relações humanas acontecem de forma muito mais dinâmica.
O que o jornal ou a mídia tradicional demora ao menos 24 horas para publicar na internet acontece ao vivo ou em poucas horas, este dinamismo tornou a comunicação mais informal, porém a disseminação do conhecimento e a consciência humana mais ampla e mais honesta e principalmente mais dinâmica (o interessado pode ser mais eficiente que o profissional a medida que a informação está a sua mão).
Ciência da Computação:Estuda a relação interface homem máquina e a maneira que as mídias e redes sociais se formam e interagem a partir de conceitos exatos e epistemológicos do estudo e observação da relação humana com a máquina e as novas mídias que as envolvem.
- Estes conceitos são imprescindíveis ao sucesso e popularização das mídias e redes sociais na grande rede mundial de computadores, pois torna cada vez mais simples a utilização de recursos complexos como interação instantânea de recursos de áudio, vídeo, texto e fotos entre as pessoas com cada vez mais menos conhecimento.
ONA (Organizational network analysis)
Análise Organizacional da rede – Tem proposto soluções para problemas que a sociologia, psicologia e antropologia não conseguiram resolver.
Por que ONA é importante nas organizações?
Compreender as ligações e conexões de uma rede podem melhorar o desempenho organizacional.
Ex. Vendedor com muitas conexões sai da empresa e não é considerado como uma perda, sendo este a conexão principal da rede com os clientes da organização.
Como ter melhor resultado na ONA?
Compreender as ligações e formar melhor conexões.
Papéis.
•       Em cada grupo ou rede social que fazemos parte desenvolvemos papeis diferentes, estes papeis são impostos por cada grupo.
Exemplo: meu papel como pai é diferente do meu papel como patrão ou empregado que por sua vez é diferente do papel que exerço na igreja.
•       Percepção do Papel: Maneira individual ou intrínseca ao indivíduo em relação a cada papel.
•       Expectativa do Papel: Maneira como os outros percebem a maneira que devemos agir de acordo com cada papel.
Normas e Padrões
Todos os grupos estabelecem normas.
Escritas ou implícitas estas normas dizem aos membros o que eles devem ou não fazer em determinadas circunstâncias.
Normas são diferentes para cada grupo, sociedade ou comunidade.
Normas de desempenho
São os critérios que os membros do grupo assumem quanto ao empenho que deve ser colocado no trabalho.
Normas de aparência
São os critérios que os membros do grupo assumem com relação a maneira de se vestir e a lealdade ao grupo de trabalho ou organização.
Normas de organização social
Definidas pela interação entre os membros do grupo e formadas de forma informal por afinidade.
Normas de alocação de recursos
Podem ocorrer nos grupos ou organizações pela segregação ou distinção de remuneração de acordo com tarefas.
Conformidade
Diz respeito a pressão que o grupo tem sobre o indivíduo para que este se submeta as normas e faça parte do grupo.
Status
Todas as sociedades atribuem posição social individual ou ao grupo de destaque de acordo com critérios pré-estabelecidos apesar de esforços igualitaristas.
Distinção do Status pode ser:
Poder, Capacidade, Características pessoais
Pensamento grupal
- Pressões de conformidade impedem ou podem impedir análise crítica e coerente por parte do grupo de propostas incomuns, minoritárias ou impopulares.
Veja de maneira mais aprofundada os conceitos no slide que disponibilizei no slide share do professor André Rossiter.
Introdução a Redes Sociais
Mensuração de Engajamento Social
-          Compartilhamento de conteúdo, sociabilidade, formatos e práticas sociais, convergência midiática.
Compartilhar conteúdo se tornou parte de nosso dia a dia, através de perfis públicos ou semi-públicos conectados a um sistema e articulando relacionamentos a partir destes.
Usadas para disseminar conteúdo, perspectivas, ideias, opiniões....
Evolução do Engajamento Social nos últimos anos na Rede Mundial de Computadores.
1-      Vídeo
2-      Radio e música
3-      Criar perfis sociais
4-      Blog’s
5-      Fotos
Métrica
* Métrica, um conceito relacionado ao ritmo de um poema;
* Métrica, um conceito matemático relacionado a distância;
* Métrica, em música, é a divisão de uma linha musical em compassos marcados por tempos fortes e fracos, representada na notação musical ocidental por um símbolo chamado de fórmula de compasso;
* Métrica (projeto), conceito relacionado à gerência de projetos.
Por que medir?
Obviamente estou abordando o uso de rede e mídia social na publicidade Online e neste sentido mensurar o resultado desta interação significa quantificar e justificar o investimento nesta mídia e observar o ROI (returno sobre investimento), prestar contas, quantificar o impacto, avaliar necessidades e recursos, testar hipóteses.
Vantagens sobre investimento e mensuração
Permanência e persistência dos dados, facilidade e exatidão na mensuração, API’s e softwares que facilitam o processo.
Pontos positivos ou dificuldades deste processo
A frequente mudança das mídias sociais e forma como as pessoas interagem e escolhem estas pode ser uma dificuldade.
Outro fator relevante e aparentemente simples é saber definir de forma precisa quem é o seu público e que mídia este se encontra mais presente e ativo.
Fatores relevantes da Pesquisa.
Dados demográficos, inclinação, credibilidade, intuito da campanha (branding, relevância e/ou convergência), conexões, ênfase...
Como categorizar as mídias sociais?
Mídias de Redes sociais: FACEBOOK, ORKUT, LINKEDIN, ELGG, NING
Blog / Vlog: YOUTUBE, BLOGSPOT, WORDPRESS, VIMEO, UOLMAIS, NETLOG
MicroBlog: Twitter
Enciclopédia: Wikipedia, Wikis
Geolocalização: Google Maps, ForSquare
Dados Quantitativos
Mensagens, seguidores, comunidades, vídeos, fotos, última atualização (numa campanha o ultimo post é muito relevante, pois a frequência pode definir a perspectiva futura) …
Comparativo entre comunidades relacionadas....
Interação dos participantes...... frequência de interação dos participantes....
Número de conexões....
Visibilidade, influencia, engajamento....
Boas dicas de mensuração de dados
Introdução Redes e Mídias Sociais. Introdução Redes e Mídias Sociais. Reviewed by André Rossiter on 12:39 Rating: 5

2 comentários:

  1. Fantástico!!! Ótima explicação, bem esclarecedor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha estimada Amiga,
      Obrigado de coração. Fico muito feliz com sua participação e apoio.
      Seja sempre muito bem vinda e conte comigo.
      um abraço e uma semana abençoada pra você e toda sua família.

      Excluir

André Rossiter. Tecnologia do Blogger.