Obrigação Financeira entre pais e filhos

pensão alimentícia

As mulheres cobram cada vez mais dinheiro do homem no momento do divórcio, usam os filhos para cobrar pensão alimentícia em muitos casos e pra piorar marginalizam o homem como se isso justificasse extorquir mais do que uma pessoa pode ganhar.

Uma criança tem de brincar e estudar e não fazer cobranças de dinheiro ao genitor(a).
Saiba que a importância do pai no desenvolvimento psíquico saudável da criança é defendido pelo próprio Sigmund Freud.

Obviamente a grande maioria dos juízes são muito sábios e justos, mas como ainda existem verdadeiros despautérios sobre pensão alimentícia….
Algumas destas questões são expressão de minha humilde opinião como forma de transformar o mundo por intermédio das ideias e consciência sobre os fatos por uma perspectiva mais ampla.

A possibilidade e o pedido de prisão por não pagamento de pensão alimentícia quando o homem não tem dinheiro é uma forma perversa de punir a criança que tem o pai marginalizado sob o pretexto de irresponsabilidade paterna sob o sustento da criança.

Ter pouco dinheiro não deveria ser crime, até porque se o homem for considerado irresponsável em ter um filho sem ter dinheiro a mulher que pode evitar a gestação é tão irresponsável por engravidar quanto o homem.

Para piorar as leis a respeito da pensão alimentícia vigentes em 2016 estimulam a gestação como meio de vida e expõe crianças a um ambiente pouco saudável para sua sanidade mental já que muitas destas crianças são geradas como forma fácil de conquistar independência financeira.

Um lar é construído sobre certos princípios que não condizem com a ganância anti ética como forma de construção das relações humanas e desenvolvimento saudável de uma criança.

Registro que não estou diminuindo o direito de uma criança ter seu sustento garantido, mas amor e princípios são tão ou mais importantes que o dinheiro propriamente dito.

Confira este vídeo sobre pensão alimentícia feito por uma criança com orientação de sua mãe


A guarda dos filhos é muitas vezes delimitada na justiça e não pela vontade dos pais.
O que sei é que caráter independe de cor, sexo, religião tampouco gênero.
O que vi neste vídeo na minha opinião foi algo mais próximo de alienação parental que propriamente abandono.
O valor do que o pai paga informado e menosprezado pelo filho sem analogia a renda do pai soa em minha opinião como informação tendenciosa e ainda acredito que seja mais digno entregar pouco de um trabalho honesto que muito fruto de corrupção, mas não sei se a mãe ajudaria o filho a reclamar de uma pensão de R$ 15 mil reais.
Qualquer luta de gênero que menospreze o sexo oposto pra mim é sexismo decorrente de misoginia e misandria (leia mais a respeito no artigo sobre a luta pela igualdade de gênero).

As injustiças e valores deturpados os quais uma grande parte dessa nova geração são criadas (filhos de uma gestação como meio de vida) abrem espaço para novas injustiças e podem a cada dia ser vistos mais facilmente por intermédio da análise das publicações arquivadas no facebook como reflexo de valores pessoais desprovidos de ética ou princípios morais mais sólidos.

Confira agora um debate sobre o amor e relações humanas em Pedidos para Santo Antônio

Obrigação Financeira entre pais e filhos Obrigação Financeira entre pais e filhos Reviewed by André Rossiter on 03:57 Rating: 5

Nenhum comentário:

André Rossiter. Tecnologia do Blogger.